CONHEÇA NOSSO BLOG
11Fev
Profissional conhece a marca da oralidade na Transcrição de Áudio

Veja 4 influências da marca da oralidade na Transcrição de Áudio

Compartilhe!

Esse fator pode não passar pela cabeça de muitas pessoas, mas existe uma influência da marca da oralidade na Transcrição de Áudio. Esses vestígios podem interferir e dificultar o serviço, ou apenas ser uma característica do trabalho.

O importante, na realidade, é escolher um profissional qualificado que não terá problemas em lidar com essa particularidade. Leia este texto e entenda a influência da marca da oralidade na Transcrição de Áudio!

A marca da oralidade na Transcrição de Áudio

É comum que, em uma conversa ou fala, o transmissor deixe transparecer um signo da oralidade dentro de seu discurso. Seja ele uma expressão, gíria ou um gesto. Acontece que em uma transcrição de áudio, nem sempre é possível perceber todas. Além do mais, nem todas as pessoas conseguem identificá-las.

É importante que o profissional que irá realizar o serviço de Degravação seja devidamente habilitado. Para isso, é preciso escolher uma empresa de confiança. O contratado precisa, então, entender quais são as marcas da oralidade.

1- Relação entre os falantes

O relacionamento e nível de convivência que os participantes possuem pode influenciar na forma que interagem entre si. Dependendo do grau de intimidade, pode haver o uso de piadas internas, por exemplo, que nem todos entenderão.

2- Contexto

O contexto em que uma conversa ou evento acontecem pode interferir na fala ou na forma como o transmissor se expressa. Os tipos de contexto podem ser:

  • formal ou informal;
  • técnico ou não-técnico.

Em situações de formalidade, há uma certa configuração de fala esperada. Já na informal não. Porém, em algumas situações, não necessariamente algo é previsto de acontecer.

No contexto de uma aula ou julgamento em tribunal, por exemplo, pode haver ocorrência de expressões características e técnicas. Nem todos entenderão.

3- Recursos extralinguísticos

Entende-se como recursos extralinguísticos as expressões corporais, resumidamente. De maneira geral, esse artifício é usado para que o transmissor consiga interpretar ou dar ênfase à sua fala. Assim, quem for o receptor auditivo e visual, ao mesmo tempo, poderá entender de forma total o que está sendo expressado.

4- Expressões

É comum que em conversas, sejam elas formais ou não, sejam incluídas regionalidades e expressões típicas. Seja de tempo ou espaço. Entre essas marcas da oralidade podem estar a influência de:

  • gírias;
  • ditados regionais;
  • fatores culturais;
  • grau de escolaridade;
  • fatores etários;
  • neologismos (palavras criadas);
  • entre outras.

Geralmente, elas são usadas com o propósito de dar ênfase ou um melhor contexto para o que está sendo falado. Mas, muitas vezes, acontece de forma natural pelo transmissor, acostumado a se comunicar de tal forma.

Como influenciam na Transcrição de Áudio?

Como foi possível ver no tópico anterior, existem várias marcas da oralidade na Transcrição de Áudio. Acontece que elas podem interferir de formas diferentes.

A relação entre os falantes, por exemplo, pode influenciar na Transcrição quando, por já se conhecerem, os transmissores usarem gírias entre si. Ou então, não precisar completar frases ou serem interrompidos. Assim, pode ser que haja uma confusão durante o áudio. Pode dificultar o entendimento e, consequentemente, o trabalho de transcrição.

O contexto em que o áudio foi feito ou gravado também pode influenciar no aprontamento do serviço. Isso acontece porque, em determinado contexto, uma pessoa pode se sentir livre para usar gírias e expressões. Elas podem ser ouvidas claramente, mas não necessariamente farão sentido para todos.

Por outro lado, os recursos extralinguísticos são marcas da oralidade que não podem ser ouvidas. Ou seja, são expressões corporais. É uma espécie de assistência ao qual o falante recorre a seu corpo para exemplificar ou esclarecer o que é dito. Como não é possível capturar tal feito em um áudio, o entendimento da conversa pode não ser total.

Com o uso de expressões, é possível que o profissional tenha dificuldades de interpretá-las. Ou então, de como deveria escrevê-las. Afinal, muitas gírias e ditados são aprendidos apenas com a convivência junto à língua. O contratado precisa estar por dentro dessas expressões, assim poderá entendê-las.

Conte com o melhor serviço de Transcrição de Áudio!

A Lítero é uma empresa que trabalha com tradução, transcrição de áudio e revisão de textos. Nós contamos com profissionais habilitados para o trabalho em questão. Prestamos atenção e temos todo o cuidado com a marca da oralidade na Transcrição de Áudio.

Contate-nos para receber o melhor serviço. Tire dúvidas e faça um orçamento! Também estamos disponíveis para contato através do número (21) 3952-7506 ou pelo WhatsApp (21) 99999-1498.

Gostou deste artigo? A Lítero tem mais como este no blog! Veja algumas sugestões:

 

Posts RecentesCategoriasTags